Projeto FloreSer

HISTÓRICO

A história do Projeto FloreSer é uma das mais bonitas no Exército de Salvação-Brasil. A missionária norueguesa Helena Londahl iniciou esse projeto quando foi pela primeira vez a uma área de prostituição, cuja reação de compaixão foi maior que o medo que sentiu em relação àquele lugar e com a ajuda de Maria Josefina Anderson, uma jovem brasileira de 21 anos, também do Exército de Salvação, convidou aproximadamente 300 mulheres da rua próxima à Igreja Presbiteriana Unida para uma ceia de natal. Somente quatro compareceram. 

Essas mulheres não desistiram e, em 1938, foi inaugurado o Lar das Moças, um projeto que atendeu 1300 mães solteiras entre 1938 e 1958. Atualmente não tem mais esse nome, mas em meio a esse projeto foi incorporado o "Projeto FloreSer" que faz trabalhos de apoio a adolescentes, adolescentes gestantes e/ou mães adolescentes e seus familiares em situação de vulnerabilidade social, contribuindo para efetivação dos direitos e a melhoria da qualidade de vida. Oferece ainda programa preventivo que visa apoio e orientações significativas sobre sexualidade saudável.  

Todo esse trabalho atual foi graças ao comprometimento dessa missionária que lutou por leis que favorecessem o afastamento das mulheres da prostituição e o acolhimento daquelas que precisavam de abrigo.

A presença constante das mulheres na história da instituição nos remete para o valor e a dignidade que o Exército de Salvação atribui à mulher desde seus primórdios. Foi um dos primeiros movimentos, dentro do segmento evangélico, a comissionar mulheres em cargo de liderança. Tal fato histórico serve apenas como sinalizador de que o Exército de Salvação reconhece e concorda com a Constituição Brasileira que estabelece que "todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, liberdade, igualdade, segurança e à propriedade". Helena Londhl foi premiada com uma medalha de Honra da Esso Brasileira de Petróleo e a Medalha de Sato Olavo, Rei Olavo V, da Noruega pelo reconhecimento do seu trabalho e como agradecimento, na cidade de São Paulo há uma rua com seu nome no bairro Bosque da Saúde.

Atualmente, trabalhamos com o público adolescente entre 12 a 17 anos respeitando a questão gestacional e ambos os sexos refereferindo-se às palestras e orientações preventivas.O perfil socioeconômico é de baixa renda que residem em área de invasão necessitando de ajuda constante, ou pagam aluguel e estão localizados nas comunidades da região leste da cidade de São Paulo.

COMO FUNCIONA

Nossa finalidade é atender famílias e  adolescentes das diversas regiões de São Paulo promovendo a garantia e defesa de seus direitos realizando ações preventivas referente a sexualidade saudável, apoio a jovens adolescentes grávidas ou jovens mães, orientando suas famílias quanto a melhoria de qualidade de vida, planejamento famliar, direitos da mulher e direitos da criança e do adolescente, assim como, atendemos mulheres que sofrem violência doméstica e vivem em situação de risco junto com seus filhos. Consideramos todas as pessoas como um ser integral e em desenvolvimento, tratando sempre com peculiaridade cada caso. 

Na área profissional e social trabalhamos para:

 

  • Inserção ao mercado de trabalho 

  • Encaminhamentos a cursos profissionalizantes 

  • Participação em palestras, debates ou diálogos 

  • Expansão dos conhecimentos quanto aos direitos da mulher e equidade de gêneros 

  • Atendimentos sociais e psicológicos 

  • Auxíliar no desenvolvimento psicossocial das adolescentes, seus filhos e famílias 

  • Desenvolvimento do bom convívio familiar 

  • Busca da autonomia e cidadania  

  • Promoção da sua socialização 

  • Restauração do relacionamento sócio-familiar 

  • Resgate de sua auto-estima

 

NOSSOS PROGRAMAS

O programa Helene Londahl trabalha com mulheres que sofrem violência doméstica com ou sem filhos, de porte sigiloso, para sua proteção e garantia de direitos. Para os filhos que acompanham suas mães as necessidades das crianças como educação são supridas para que haja uma continuação escolar e são encaminhadas novamente ao convívio social quando o perigo se afasta tanto da mãe quanto do filho.

Programa FloreSer  no fortalecimento da função protetiva da família prevenindo agravos que possam provocar o rompimento de vínculos familiares e sociais e desenvolver ações junto a adolescentes de ambos os sexos, adolescentes gestantes, jovens mães e lactantes.  

 

Nesse programa acontece:
Distribuição de Kit’s de higiene

Distribuição de Cesta Básica

Apadrinhamento

Orientações e encaminhamentos

Visitas domiciliares

Atendimento Psicossocial

PARCERIAS

Aos nossos parceiros, MUITO OBRIGADO pelas contribuições efetuadas. Vocês fizeram cada dia ficar melhor na vida de nossos beneficiários!  

Padaria Nova Veredas 

Pão de Açúcar 
Igreja Metodista de Vila Mariana

Instituto Avon

Cruz Vermelha

Hospital São Paulo – Unifesp

Hospital Albert Einstein

Universidade Camilo Castelo Branco

CBD (Cestas Básicas)

Hospital Pérola Bayton

Creche São Judas

AACD

Exército de Salvação (Suíça e Holanda)

Edifício Reserva das Águas

Escola Estadual Oscar Pereira machado

Sacolão Imigrantes

Projeto Desapegue

Hospital  Artur Saboya

Senac Aclimação

NewComers Brasil

English School Minds

SAE CRAS Vila Mariana 
CRAS Cidade Líder 
Projetos Juntos – Jd Eliane 
Fundo de Solidariedade do Estado de São Paulo 
Igreja Batista do Povo 
Rede de proteção à criança e adolescente de Itaquera

SMADS

SASF  Lajeado

Rede Sul II

CIFA – Comissão Pró-Rede  de Proteção Social da Criança e do Adolescente de Itaquera

GEVID – Grupo de Enfrentamento a Violência Doméstica

Casa da Mulher Brasileira

Projeto Juntos

UBS Vila Mariana, Jabaquara e Professor Milton Santos – CECI

CAPS Jabaquara – Centro de Atendimento Psicossocial

Instituto Movere

Projeto NOSSA – Exército de Salvação – Cubatão

Delegacia da Mulher

Projeto Quixote

ACM Associação Crista dos Moços

Grupo Tejofran

AACD

Escola Municipal Jean Mermoz

EMEI Tenente Paulo

Escola Estadual Lasar Segali 

Encorajamos você a se tornar nosso parceiro contribuindo com seu apoio, nos ajudando a continuar com nosso trabalho para que essas pessoas também possam ter uma vida digna, possam lutar pelos seus direitos e tenham suas famílias fortalecidas para exercerem sua função protetiva que é a base para uma vida saudável em todos os sentidos.

 

Colabore você também: 

Entre em contato com o telefone: 5591 7074 

Rua Juá, nº 264 - Bosque da Saúde - São Paulo - SP - Cep: 04138-020

Informações retirada de doações: 4003 2299

Informações demais assuntos: (11) 5591 7074

© 2019 - Assistência e Promoção Social Exército de Salvação.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle