Exército de Salvação dá apoio essencial às vítimas de terrorismo em Burquina Fasso

O Exército de Salvação em Burquina Fasso está trabalhando juntamente com o governo para dar apoio às famílias desalojadas devido a um ataque terrorista no vilarejo Solhan, localizado ao norte do país. Pelo menos 160 pessoas foram mortas no que foi descrito pelo Presidente Roch Kabore como um “ataque bárbaro”. O Presidente declarou três dias de luto oficial no país e escreveu: “Precisamos nos unir contra as forças do mal”.


Violência como esta, do dia 15 de junho em Solhan tem se tornado muito comum ultimamente, particularmente nas comunidades que ficam próximas à fronteira do país. A Alta Comissão para Refugiados, da Organização das Nações Unidas estima que em torno de 1.2 milhões de pessoas foram desalojadas desde 2019 – um número impressionante em um país no qual a população total é de apenas 20 milhões de pessoas.


Em parceria com o governo do país, o Exército de Salvação informou as urgentes necessidades nos dois campos para refugiados temporários nas proximidades de Solhan. Num esforço inicial foi disponibilizado recurso financeiro via Quartel Internacional para a aquisição de comida e itens essenciais de higiene a fim de atender a 2.000 famílias(um total de aproximadamente 10.000 pessoas!)

O Oficial de Projetos, Tim Poudiougou, relata que o governo do país está imensamente grato pela assistência prestada pelo Exército de Salvação. “Eles reconhecem”, diz Tim, “a expertise Salvacionista em ajudar pessoas em sofrimento”.


O Exército de Salvação está considerando como prover ajuda a longo prazo para assistir as pessoas desalojadas e as comunidades que as recebem fazendo um levantamento de fundos para esta causa específica.


Do Departamento de Comunicações

Quartel General Internacional


Em tempo: Burquina Fasso integra o Território do Mali, que é parceiro de Missão do Exército de Salvação no Brasil. Até o fim do ano os Salvacionistas e amigos aqui no Brasil estarão levantando fundos para apoiar o trabalho que é feito no Mali e em Burquina Fasso, países de pobreza extrema e cuja violência tem ceifado muitas vidas.

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo