DOE AGORA

Sua ajuda pode mudar vidas!

Boa Tarde! Bem vindo ao site da sede Exército de Salvação no Brasil.
  • noticias-reduz
Sexta, 17 Novembro 2017 10:27

Comissão Internacional de Justiça Social marca Dia Internacional da Menina 2017

A Comissão Internacional de Justiça Social do Exército de Salvação (CIJS) desempenhou um papel importante nos procedimentos da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, Estados Unidos, para marcar o quinto Dia Internacional da Menina, que ocorre anualmente. O dia – que este ano caiu em 11 de outubro – celebra o valor das garotas do mundo inteiro e mobiliza a comunidade global para empoderar as meninas e ajudá-las a se darem conta de seu potencial. A participação da CIJS destacou, particularmente, a parte vital desempenhada pelas meninas do Exército de Salvação no mundo todo.

O tema para 2017 foi “EmPODERe as Meninas: Antes, Durante e Após Crises”, que incluiu um foco nos distintos desafios que as meninas enfrentam durante emergências, como conflitos armados e desastres naturais. A vulnerabilidade das meninas, como foi explicado, é enormemente ampliada em tempos de crise.  Palestrantes da ONU e várias organizações não governamentais enfatizaram a importância dos fortes sistemas de apoio preexistentes para meninas para que, então, as comunidades estejam preparadas para defender suas meninas caso surja uma crise.

A Major Victoria Edmonds, representante Sênior da CIJS para a ONU, é co-presidente do Grupo de Trabalho com Meninas da ONU, que organizou um evento na Câmara do Conselho Econômico e Social da ONU com o tema “Meninas Falam: Justiça Para Meninas”.

As meninas ligadas ao Exército internacional da Salvação foram convidadas, vários meses atrás, para participar do dia enviando trabalhos de arte, fotos e vídeos. O CIJS publicou diversas das peças submetidas ao longo do próprio dia.

Uma coleção de artesananatos de "Olho de Deus" do Território do Brasil, vários desenhos do Território Central da Índia, um vídeo sobre a desigualdade de gênero no território do Paquistão, cartazes que defendem a justiça para as meninas no Território Ocidental dos EUA e um vídeo sobre a valorização das meninas no Território Oeste dos EUA podem todos ser encontrados na página do Facebook do CIJS e no Twitter (@salvarmyisjc).

foto francine lemosFrancine Lemos tem 16 anos de idade. Ela frequentou o Centro Integrado de Pelotas (Brasil) por dois anos, onde se destacou especialmente na banda de música. Sua família, como a maioria das famílias apoiadas pelo Centro que pertence ao Exército de Salvação, tem uma história de lutas e desafios. Um dos seus 3 irmãos está na prisão, seu pai faleceu e vive com sua mãe, responsável por apoiar a casa.

Mesmo que ela não participe diariamente no projeto (o limite de idade é até os 14 anos), Francine continua a participar de algumas atividades, como aulas de Hip Hop e a Liga do Lar.

Ela também se juntou à campanha para promover boas relações familiares, onde aprendeu a fazer o "mosaico" que representa as cores da nossa infância. Agora ela está usando suas habilidades não só para oferecer às pessoas alguns presentes, mas também para obter renda extra de seu trabalho!

Mais nesta categoria: « Bazar e Chá de Natal 2017
Web Analytics